TOC – Transtorno Obsessivo Compulsivo

O Transtorno Obsessivo Compulsivo é conhecido popularmente como Toc e é caracterizado por compulsões e obsessões.

Essas obsessões podem ser pensamentos, impulsos ou imagens recorrentes, persistentes, intrusivas e indesejadas.

Já as compulsões são comportamentos repetitivos ou atos mentais aplicados como regras rígidas seguidas de uma consequência ou com o objetivo de neutralizar ou avaliar um pensamento obsessivo.

Por exemplo: “O chinelo virado significa que minha mãe pode morrer se eu não desvirá-lo. Assim, desviro e volto várias vezes para repetir esse comportamento e rezar o pai nosso”.

A pessoa com TOC é invadida por várias intrusões, seja de conteúdo catastrófico, de conteúdo sexual e de contaminação, o que gera um grande sofrimento porque ela não quer pensar esse tipo de coisa, mas é invadida por esse tipo de pensamento.

É comum que pacientes com TOC acreditem que, se deixarem de cumprir os rituais algo terrível poderá acontecer. Esses comportamentos vão se agravando a medida que a doença não é devidamente tratada ou diante de situações estressantes e até mesmo traumáticas.

A Terapia Cognitivo comportamental (TCC) exerce um papel fundamental no tratamento do transtorno, pois é uma Psicoterapia que atua focada no problema através de suas técnicas, exercícios e tarefas  realizadas no consultório e em casa.

Com ela, o paciente aprende a identificar suas obsessões, compulsões e neutralização de pensamentos catastróficos e com a ajuda do terapeuta tem a possibilidade de diminuir os sintomas gradativamente.

O tratamento consiste também com o trabalho do Psiquiatra e medicamentos que atuam na recaptação de serotonina. Com a união da TCC e o psiquiatra é possível obter grandes resultados no controle dos sintomas e trazer maior qualidade de vida para o paciente.

Compartilhe com seus amigos

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Faça seu agendamento
pelo WhatsApp